Patrício José recomenda os soldados a colocar à prova os conhecimentos

domingo, 15 abril 2018 08:58
Rate this item
(0 votes)

O vice-ministro moçambicano da Defesa Nacional, Patrício José, recomenda aos soldados a colocar à prova todos os conhecimentos, capacidades, bem como as destrezas que adquiriram durante a instrução e convivência com a diversidade das culturas moçambicanas.

Falando este sábado em Munguíne, distrito da Manhiça, província de Maputo, durante a cerimónia de encerramento do 2º turno de instrução básica militar de 2017, Patrício José recomendou ainda aos soldados a frequentarem outros cursos adjacentes à defesa nacional como forma de apetrechar as habilidades adquiridas, incluindo o desempenho de outras tarefas úteis aos moçambicanos.
Com a duração de quatro meses, a instrução básica militar visa preparar os recrutas que se recenseiam para o serviço militar, este que se cumpre em dois anos.
No entanto, o vice-ministro apontou que os soldados devem apostar na preparação combativa, serviço interno das tropas, bem como participar em actividades de produção agro-pecuária.
Sobre as acções de interesse público, o vice-ministro apontou, sobretudo, o envolvimento dos militares em actividades de apoio as vítimas das calamidades naturais.
“Queremos, pois, manifestar a nossa vontade de poder contar convosco depois dos dois anos do serviço efectivo normal, para que possam cumprir outras formas do serviço militar previstas”, disse.
Aliás, Patrício José sublinhou que um militar não deve ser indisciplinado, insubordinado e desobediente.
Recordou que um militar possui uma dupla responsabilidade, sendo que, uma que consiste em adoptar uma conduta que tenha sempre presente os ditames da honra, prestígio, exemplo e orgulho de pertencer as Forças Armadas e, outra, em respeitar as normas sociais, incluindo a observância de regulamento institucional a que pertence.
“Quero, aqui, lembrar-vos que a instrução básica que hoje termina simboliza o início de uma longa caminhada e gratificante na carreira militar”, acrescentou o vice-ministro.
Com cerca de 1500 recrutas, contados à mira, o 2º turno iniciou a preparação em Novembro de 2017, e, segundo o comandante da Escola Prática do Exército, André Rafael, apenas 9 por cento não terminou a instrução.
Além das actividades culturais e de demostrações militares, durante o evento, o vice-ministro fez a entrega das distinções aos quatro melhores instruendos. (RM)

Read 113 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Mostly Clear

20°C

Maputo, MZ

Mostly Clear

Humidity: 94%

Wind: 11.27 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Conosco