" Dia da vitória " GERACÕES DE COMBATENTES JUNTAM SE EM PEMBA NUM DESFILE COM SEGNIFICADO DE INCLUSÃO E PAZ. Featured

Published in Política
quarta, 10 janeiro 2018 15:16
Rate this item
(0 votes)

Irá decorrer de 1 a 7 de Setembro de 2016, em todo território Nacional, a comemoração da semana do Combatente, que vai culminar com o desfile das duas gerações de combatentes, acto que constituirá o ponto mais alto das festividade do dia 7 de Setembro- Dia da Vitória, cuja cerimónia central, terá lugar na Cidade de Pemba, província de cabo Delgado sob o lema “Combatente na Vanguarda pelo Aumento da Produção e

Desenvolvimento”.

Dentre o leque de actividades que irão marcar as festividades do combatente destaca-se a realização da Feira da Memória do Combatente”, que terá lugar na Faculdade de História da Universidade Eduardo Mondlane, pelas 8.00h do dia 1 de Setembro, dirigida pelo Ministro dos Combatentes, Eusébio Lambo Gondiwa. Trata-se de um evento co-organizado pela Direcção Nacional de História do Ministério dos Combatentes em parceria com uma organização denominada MOCO que trabalha com a Universidade Eduardo Mondlane no capítulo de pesquisa científica na área de antropologia e história de Moçambique e não só.

A Feira da Memória do Combatente tem como principais objectivos incentivar a participação de estudantes e académicos na promoção da investigação científica e pesquisa da História da Luta de Libertação Nacional para além de divulgar as obras escritas pelos combatentes sobre a sua participação na Luta de Libertação Nacional, da Defesa da Soberania e da Democracia. Desta feita, o evento pretende constituir uma plataforma de diálogo entre os combatentes, incentivar a classe a escrever sobre as suas memorias e transmitir a sociedade os contornos do processo de libertação do país desde o inicio da Luta de Libertação ate a actualidade.

Paralelamente a realização da feira, estarão a disposição dos visitantes diversos serviços de interesse público tais como serviços de Identificação Civil, consultas grátis de otorrino, de audiometria, estomatologia, testes de HIV, de glicemia, tensão arterial entre outros.  

Dentre várias actividades que vão corporizar a feira do Combatente o destaque vai para a realização de uma exposição que incidirá fundamentalmente na venda das obras escritas e esculpidas sobre a memória dos Combatentes. Nesta exposição haverá sorteio para premiação dos combatentes presentes com suas memórias, assim como das escolas da Cidade de Maputo presentes, que ostentam nomes de Heróis Moçambicanos;

Por outro lado, o espaço do evento da “Feira da Memória do Combatente”, vai expor imagens e o cronograma da História da Luta de Libertação Nacional, uma acção a ser coordenada pelo Centro de Pesquisa da História da Luta de Libertação nacional, uma instituição tutelada pelo Ministério dos Combatentes.

Durante os 4 dias da Feira, estarão igualmente disponíveis os serviços de Consultas de Otorrino, Audiometria e Estomatologia bem como, Testes de HIV, Glicemia, Tensão Arterial, incluindo os devidos aconselhamentos. Os participantes da feira terão a oportunidade de tratar documentos pessoais tais como de identificação cível e número único de identificação tributaria. A gastronomia vai igualmente ocupar um espaço de destaque nesta manifestação da história que recorda as fases que antecederam a conquista da liberdade do povo moçambicano e da construção de uma nação soberana e próspera.

Já no dia 7 de Setembro, a Cidade de Pemba ira acolher a ultima e mais importante etapa destas celebrações que consistira basicamente no desfile de cerca de 7.063 combatentes sendo que 7.000 provenientes de todos os distritos de Cabo-Delgado, 25 de Nampula, 22 de Niassa e os restantes 16 das províncias do Centro e Sul do país, numa cerimonia a ser dirigida pelo Presidente da Republica, Filipe Jacinto Nyusi.

Este desfile tem como objectivos juntar os diversos extractos sociais de Combatentes num único espaço com o propósito de transmitir à sociedade moçambicana em geral e as novas gerações em especial, o significado histórico do dia 7 de Setembro, promover os valores da paz, unidade nacional, e  do patriotismo. 

Refira-se que esta é a terceira vez que o dia 7 de Setembro é celebrado com este figurino depois de as províncias de Cabo-Delgado em 2014 e Tete em 2015 terem acolhido as cerimónias centrais onde participaram cerca de 5.150 Combatentes entre Veteranos da Luta de Libertação Nacional,  Combatentes da Defesa da Soberania e da Democracia e Combatentes com deficiência.

Read 2584 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Partly Cloudy

17°C

Maputo, MZ

Partly Cloudy

Humidity: 85%

Wind: 11.27 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco