www.rm.co.mz

A+ A A-

Restos mortais de Zena Bacar foram a enterrar em Nampula

Classifique este item
(0 votos)

Foram a enterrar, ontem no Cemitério Novo da Faina, na cidade de Nampula, os restos mortais da conceituada cantora moçambicana Zena Bacar, falecida naquela cidade.

O desaparecimento físico da co-fundadora da banda Eyuphuro, ocorrido na madrugada do último domingo em Nampula, foi uma perda irreparável para a cultura moçambicana.
A consideração foi feita pelo ministro da Cultura e Turismo para quem a música moçambicana, sem Zena Bacar fica com um enorme vazio.
Silva Dunduro falava ontem, em representação do Presidente da República, Filipe Nyusi, no velório de Zena Bacar, realizado no Salão nobre do Conselho Municipal de Nampula.
Dunduro transmitiu os sentimentos de solidariedade para com a família da malograda e disse esperar que o talento da diva moçambicana, Zena Bacar, inspire as actuais e futuras gerações e aos que na cultura e na arte musical, encontram a sua foram de ser e de estar na vida.
“Zena Bacar que com a sua melódica voz, com o seu Eyuphuro, criou remoinhos harmoniosos que distribuíram pelos país e pelo mundo fora, as alegrias e as tristezas de um povo que soube sofrer, sorrir, chorar e regozijar-se com as suas histórias cantadas. A nossa música sem Zena Bacar fica com um vazio enorme, pois, a sua partida constitui uma perda irreparável na cultura moçambicana. Por isso, foi com profunda tristeza e consternação que acolhemos esta devastadora notícia. Em nome do governo, povo moçambicano, a quem tanto encantou, em meu nome próprio, endereço as mais sentidas condolências à toda a família enlutada e a todos os músicos, bem como a sua legião de fãs “, disse o Ministro da Cultura e Turismo.
Entretanto, a classe dos músicos naquela parcela do país, garante dar continuidade aos feitos de Zena Bacar, elevando o bom nome da província de Nampula e do país, além-fronteiras, como a cantora o fez em vida.

Zena Bacar foi vocalista do grupo Eyuphuro, uma banda formada em 1981, com vários êxitos que conquistaram fãs e amantes da música nacional.
A cantora Zena, ao lado de Omar Issa e Gimo Remane, levou a banda, que lançou o seu primeiro álbum em 1990, intitulado Mama Mosambiki.

11 anos depois, em 2001, Eyuphuro voltou à carga para lançar o seu segundo álbum, intitulado Yellela, produzido por Roland Hohberg, nos estúdios da Mozambique Recording.
A banda teve ainda o terceiro disco, lançado em 2006, 25 Anos, incluindo gravações realizadas nos estúdios da BBC.

Zena Bacar Ali, nasceu a 25 de Agosto de 1949 em Nampula.
A sua carreira iniciou aos seis anos de idade, de forma ingénua. A partir de 1980, consolidou a sua actividade de cantora e fez da voz, uma arma de arrastou multidões. (RM Nampula)

Login para post comentários

Rádio Online - A. Nacional

Emissor Provincial de Gaza

Emissor Provincial de Sofala

RM Desporto

Emissor Provincial de Nampula

Tempo

Weather data OK.
Maputo
24 °C

Breves

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Direcção de Informação:  email: dinfoweb@rm.co.mz; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP - 2015. Implementado por mozclique.com

Login or Register

LOG IN

fb iconLog in with Facebook

Register

User Registration