Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Nobel da Química para Francês Arnold, George Smith e Gregory Winter

Written by 
Published in Ciência & Tecnologia
quarta, 03 outubro 2018 13:53
Rate this item
(0 votes)

Vencedores foram anunciados, esta quarta-feira.

 

Distinção deve-se ao desenvolvimento de "proteínas que resolvem os problemas químicos da humanidade”.

O Prémio Nobel da Química de 2018 foi entregue à norte-americana Frances H. Arnold, ao norte-americano George P. Smith e ao britânico Sir Gregory P. Winter, anunciou, esta quarta-feira, a Academia Sueca.

Os laureados deste ano, justificou o comité do Nobel, “tomaram o controlo da evolução e usaram os mesmos princípios – mudança genética e selecção – para desenvolver proteínas que resolvem os problemas químicos da humanidade”.

O comité distinguiu os cientistas pelas experiências conseguidas pela "evolução no tubo de ensaio".

"Enzimas produzidas através da evolução dirigida são usadas para fabricar tudo, desde os biocombustíveis até fármacos. Anticorpos desenvolvidos através do método 'phage display' combatem as doenças auto-imunes e em alguns casos curam cancros metastáticos", exemplifica a academia.

Frances H. Arnold realizou, em 1993, a primeira evolução dirigida de enzimas, que são proteínas que catalisam reacções químicas, recorda o júri.

Os seus métodos foram, entretanto, afinados e são actualmente usados rotineiramente para desenvolver novos catalisadores, cujas utilizações passam pela produção mais ecológica de químicos como fármacos ou biocombustíveis, pode ler-se no comunicado.

George P. Smith desenvolveu, em 1985, um método conhecido como 'phage display', em que um fago - um vírus que infecta bactérias - é utilizado para fazer desenvolver novas proteínas.

Por seu lado, Gregory Winter usou este método para a evolução dirigida de anticorpos, com o objectivo de produzir novos medicamentos.

O primeiro fármaco criado com este método, adalimumab, foi aprovado em 2002 e é usado para a atrite reumatoide, a psoríase e a doença inflamatória do intestino.

Desde então, o método tem permitido produzir anticorpos que neutralizam toxinas, combatem doenças auto-imunes e curam cancros metastáticos.

"Estamos nos primórdios da revolução da evolução dirigida, que, de formas diferentes, está a trazer e irá trazer o maior benefício para a humanidade", conclui a academia sueca.

O prémio Nobel da Química tem um valor de nove milhões de coroas, 870 mil euros.

A distinção na área da química foi o terceiro galardão anunciado. Na segunda-feira, recorde-se, foi atribuído o Nobel da Medicina a James P. Allison e Tasuku Honjo pelo papel desenvolvimento numa terapia de combate ao cancro, ao passo que, no dia seguinte, foi entregue a distinção na área da Física a Arthur Ashkin, Gérard Mourou e Donna Strickland pelas "invenções inovadoras no campo da física de laser".

Na próxima sexta-feira, dia 5 de Outubro, será anunciado o Prémio Nobel da Paz. No dia 8 de Outubro, segunda-feira, será revelado o vencedor na área da Economia.

Este ano não será atribuído Prémio Nobel da Literatura, devido ao escândalo de abuso sexual e de uso indevido dinheiro na Academia Sueca. (RM-NM)

Read 116 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Músicos defendem continuação da venda de discos e CD’s

Músicos defendem continuação da venda de discos e CD’s

Apesar do avanço da tecnologia, há, ainda, quem aposta na criação de plataformas de música não digit...

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Clear

21°C

Maputo, MZ

Clear

Humidity: 82%

Wind: 22.53 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco