Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Venezuela: Forças Armadas preparadas para defender soberania nacional

Published in Mundo
quarta, 07 novembro 2018 09:34
Rate this item
(0 votes)

As Forças Armadas da Venezuela (FAV) estão preparadas para defender a soberania nacional de ataques de grupos "guerrilheiros, dissidentes, paramilitares, criminosos ou de narcotraficantes" colombianos, disse terça-feira o ministro venezuelano da Defesa.

ladimir Padrino López falava na Universidade Militar Bolivariana da Venezuela durante o acto de investidura de novos cadetes, durante o qual fez referência ao recente ataque do Exército de Libertação Nacional (ELN) da Colômbia que causou a morte de três militares no estado venezuelano de Amazonas, no sul do país.
"Nós (FAV) vamos procurar até o último grupo. Chame-se como se chamar: guerrilheiro, dissidente, paramilitar, criminoso ou narcotraficante. (...) Não têm espaço na Venezuela. Entendam isso. (...) Esse sangue derramado não ficará assim. Vamos defender a honra dos nossos soldados, dos nossos guardas nacionais (...) Saiam da Venezuela!" disse.
Vladimir Padrino López classificou de "palhaçada" as acusações da oposição e de políticos da vizinha Colômbia de que as autoridades venezuelanas acolhem e protegem grupo subversivos no país, atribuindo-as "à degradação da política, não só na Venezuela, mas também a nível internacional".
"Eu tento ser respeitador e equilibrado, mas (...) como é que nós protegemos o ELN aqui, e vêm os grupos paramilitares e o ELN também agredir as nossas forças armadas?", questionou.
O Governo da Venezuela anunciou, na segunda-feira, o reforço da vigilância militar no estado de Amazonas (sul do país), após a morte de três soldados durante uma emboscada de grupos paramilitares que causou ainda dez feridos.
O ataque, contra oficiais da Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar) teve lugar no domingo e, segundo as autoridades venezuelanas, foi uma "represália" após a captura de nove paramilitares colombianos, no bairro Escondido III, do município Atures, do estado de Amazonas.
Segundo as autoridades venezuelanas entre os paramilitares que foram detidos está Luís Felipe Ortega Bernal, de nacionalidade colombiana, contra o qual foi emitido um alerta azul pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).
Entretanto, o Governo colombiano emitiu um comunicado expressando solidariedade e pêsames pelo "condenável assassínio de oficiais da GNB" e condenando "o terrorismo e a violência gerada por grupos armados organizados" na Colômbia.
Segundo o comunicado, o detido, Luís Felipe Ortega Bernal, é "um reconhecido cabecilha do Exército de Libertação Nacional da Colômbia [ELN]". (RM /NMinuto)

Read 115 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Sunny

25°C

Maputo, MZ

Sunny

Humidity: 55%

Wind: 28.97 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco