Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Libertadas 119 crianças-soldado por grupo armado no Sudão do Sul

Published in Mundo
terça, 12 fevereiro 2019 19:39
Rate this item
(0 votes)

Um grupo de 119 crianças foi hoje libertado no Sudão do Sul, elevando para mais de 3.100 o número de crianças-soldado libertadas desde o início do conflito no país, anunciou a Unicef.

O grupo de crianças incluía 48 meninas e o elemento mais novo tinha apenas 10 anos, de acordo com a agência das Nações Unidas.
"Cada criança que consegue escapar a um grupo armado representa uma infância restaurada e um futuro recuperado", sublinhou a directora-executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Henrietta Fore, em comunicado.
"Há cada vez mais crianças a ser libertadas pelos grupos armados e forças armadas no Sudão do Sul e, embora isto seja uma evolução significativa, há ainda um longo caminho a percorrer antes de conseguirmos que todas as mais de 19 mil crianças-soldado sejam devolvidas às famílias", acrescentou.
No último ano, desde Fevereiro de 2018, mais de mil crianças foram libertadas por vários grupos armados no Sudão do Sul.
"Cinco meses após a assinatura de um acordo de paz no país, a Unicef desafia todas as partes envolvidas a reafirmarem os seus compromissos e a defenderem os direitos das crianças garantindo que nunca mais voltarão a ser soldados", sublinhou a agência da ONU.
Esta libertação coincidiu com o Dia Internacional contra a Utilização de Crianças-Soldado.
Embora os dados exactos sobre o número de crianças utilizadas e recrutadas em conflitos armados sejam difíceis de confirmar devido à natureza ilegal do recrutamento, a Unicef estima que dezenas de milhares de meninos e meninas menores de 18 anos sejam usados em conflitos em todo o mundo.
"Muitos foram levados à força, enquanto outros se juntaram devido à pressão económica ou social. As crianças deslocadas ou que vivem na pobreza são ainda mais vulneráveis ao recrutamento. As crianças são recrutadas ou usadas para várias funções por forças armadas e grupos, incluindo combatentes, cozinheiros, portadores de armas, mensageiros e espiões, ou são sujeitos a exploração sexual", sublinhou a Unicef. (RM /NMinuto)

Read 65 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco