Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
Mundo

Mundo (143)

Na República Centro-Africana, organizações humanitárias suspendem actividades devido a invasão e roubo de seu equipamento, no sudeste do país, por indivíduos armados.

De acordo com o Escritório de Coordenação de Ajuda Humanitária da ONU, dada a deterioração da situação em Bangassou, os trabalhadores humanitários foram transferidos para Bangui.

Ontem, indivíduos armados, presumivelmente anti-balakas - milícias de maioria cristã, atacaram armazéns de quatro organizações humanitárias, noticia a Prensa Latina.

A República Centro-Africana tornou-se num dos países mais perigosos para os trabalhadores humanitários, onde a 25 de Fevereiro, foram assassinados seis funcionários. (RM/Angop)

O Conselho de Segurança da ONU denunciou esta quinta-feira a degradação da situação humanitária no Iémen, onde 22,2 milhões de pessoas precisam de ajuda, mais 3,4 milhões do que no ano passado.

O Presidente da Turquia rejeitou esta quinta-feira os apelos da Europa para que acabe com a ofensiva militar contra Afrine, noroeste da Síria, numa altura em que existem relatos de que centenas de pessoas estão a fugir daquele enclave curdo.

No Benin, a oposição denuncia o que chama de linchamento mediático contra seu líder, Boni Yayi.

Numa declaração divulgada, esta quarta-feira, em Cotonou, o partido da oposição lamenta que, em vez de trabalhar para desanuviar a tensão no país, o poder instituído lançou uma campanha mediática com acusações fúteis e infundadas contra o Presidente Boni Yayi. (RM Panapress)

O exército sírio conseguiu entrar ontem à noite numa cidade-chave do enclave de Ghouta Oriental, sujeita a intensos bombardeamentos, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).
"As forças do regime atacaram Hammuriyah e conseguiram retomar o controlo parcial" da cidade, situada no sul daquele enclave, a leste de Damasco, indicou o Observatório, citado pela Agência France Presse.
Pelo menos 25 civis, incluindo três crianças, morreram, esta quarta-feira, após bombardeamentos do regime sírio no enclave rebelde de Ghouta Oriental.
Os ataques aéreos, além de atribuídos pelo OSDH ao regime de Bashar al-Assad e os seus aliados russos, foram também resultado dos ataques de artilharia contra a zona, segundo aquela organização não-governamental.
Ontem, foram retirados do enclave 35 civis com necessidades médicas e os seus acompanhantes.
De acordo com o OSDH, desde o início da ofensiva do regime sírio no enclave de Ghouta Oriental, a 18 de Fevereiro, cerca de 1.200 civis morreram, incluindo perto de 250 crianças,
No conflito na Síria, que se estende a outros territórios e dura há quase sete anos, morreram mais de 350 mil pessoas. (RM/NMinuto)

Ex-presidente da Generalitat não exclui um possível acordo com o governo espanhol.

Oex-presidente da Generalitat, Carles Puigdemont, disse, esta quarta-feira que, apesar de tudo, continua a ser o "presidente legítimo" da Catalunha. Disse, ainda, que nunca teve a intenção de ir para a prisão por defender a causa independentista porque se sente "mais útil como uma pessoa que actua em liberdade"."Fui eleito como presidente de um governo do qual fui retirado ilegalmente, pelo que apesar de tudo sou um presidente legítimo", disse em entrevista a uma estação de televisão pública suíça.
Puigdemont, que está exilado em Bruxelas, afirmou ainda que nunca pensou em desistir da causa, mesmo correndo o risco de ser preso.
"Não tenho o direito de deixar de lutar pela defesa dos direitos civis e políticos dos catalães, tenho uma legitimidade a defender", atirou.
Este afirmou ainda que não exclui a hipótese de chegar a um acordo com o Governo espanhol caso essa seja a vontade da maioria. (RM/NMinuto)

Detido ex-ministro do Interior e Justiça da Venezuela

Published in Mundo
quarta, 14 março 2018 10:48

Ex-ministro do Interior e Justiça da Venezuela foi detido, esta terça-feira, pelos serviços secretos do país.

Miguel Rodríguez Torres é acusado pelo Governo de estar envolvido em actos violentos e conspiração.

A detenção do ex-ministro teve lugar quando participava numa conferência de imprensa, em Caracas, promovida pelo opositor Movimento Amplo Desafio de Todos, de que é líder.

De acordo com as rádios locais, Miguel Rodríguez Torres é acusado pelo Governo de envolvimento em acções contra a paz e a tranquilidade pública e em conspiração contra a unidade das Forças Armadas Venezuelanas. (RM /Lusa)

Acidente de viação faz 38 mortos na Etiópia

Published in Mundo
quarta, 14 março 2018 10:43

Pelo menos 38 pessoas morreram e dez ficaram feridas num acidente de viação, no Estado regional de Amhara, no norte da Etiópia, a 482 quilómetros a norte da cidade capital do país, Addis Abeba.

De acordo com a imprensa local, o acidente ocorreu quando o autocarro, em que seguiam as vítimas, despistou-se e caiu num precipício de cinco metros.

A maior parte das vítimas eram estudantes.  

As causas do acidente ainda não foram apuradas. ( RM/PanaPress)

A nova plataforma da oposição venezuelana Frente Ampla Venezuela Livre (FAVL) pediu, esta segunda-feira, ao secretário-geral da ONU, António Guterres, para não validar as eleições presidenciais previstas no país para 20 de maio.

O pedido foi feito através de uma carta em que pedem também que seja criada uma equipa de trabalho conjunta, entre a ONU e a FAVL, para acompanhar a crise económica, política e social na Venezuela.

A missiva foi entregue nos escritórios da ONU em Caracas, durante uma concentração que reuniu centenas de pessoas que exigiram que a organização internacional ajuda a garantir "eleições livres, justas e transparentes".

"O país está a dirigir-se diretamente a António Guterres, como secretário-geral da ONU e que acompanhou muito de perto o processo de negociação (com o Governo) na República Dominicana", disse aos jornalistas o deputado Luís Florido.

Aquele parlamentar da oposição aproveitou para explicar que estão programadas "eleições sem condições adequadas" e que a nova FAVL é pluripartidária: "não somos um movimento abstencionista, mas um movimento que quer eleições, mas também condições".

O porta-voz da FAVL, Sérgio Sánchez, explicou aos jornalistas que a oposição insiste na abertura de um canal humanitário para atender a "grave escassez de alimentos e de medicamentos" e que pedem "que a ONU envie uma comissão para que constate a violação dos Direitos Humanos no país".

A Frente Ampla Venezuela Livre foi criada no passado dia 06, na Universidade Central da Venezuela, durante uma assembleia de grémios em que participaram diversos sindicatos da saúde, académicos, estudantes, representantes de diversos partidos políticos opositores e dissidentes do regime.

No próximo dia 17 de Março a FAVL prevê realizar diversas acções de protesto dentro e fora da Venezuela.

A Venezuela tem marcadas eleições presidenciais antecipadas, em conjunto com legislativas e para os conselhos municipais no próximo dia 20 de Maio. (RM /NMinuto)

Nigéria: Ataques de pastores Fulanis fazem 16 mortos

Published in Mundo
terça, 13 março 2018 07:21

Dezasseis pessoas morreram, entre 7 e 9 de Março, em ataques perpetrados por pastores Fulanis, contra comunidades do Estado de Plateau, no centro-norte da Nigéria.

O Comando da Polícia do Estado de Plateau confirmou, também a detenção de um pastor, na posse de uma arma de tipo AK 47. ( RM Angop)

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Mostly Clear

20°C

Maputo, MZ

Mostly Clear

Humidity: 94%

Wind: 11.27 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Conosco