www.rm.co.mz

A+ A A-

Pelo menos 80 mortos em violência intercomunitária na Nigéria

Classifique este item
(0 votos)

Pelo menos 80 pessoas morreram desde 31 de Dezembro no estado de Benue, no centro da Nigéria, em confrontos entre fazendeiros e criadores de gado que desencadearam a fuga de milhares de pessoas, anunciou um responsável local.

A violência entre criadores de gado, na maioria muçulmanos, e agricultores cristãos intensificou-se após o Ano Novo, por causa de uma nova lei que proíbe que os criadores de gado nómadas se desloquem dentro do estado.
Ataques e represálias semelhantes ocorreram igualmente noutros estados do centro da Nigéria, dividindo os nigerianos com base na religião e na etnia e ilustrando a impotência do Governo federal para travar a violência.
"Oitenta é o número que podemos indicar, por agora. Os ataques não acabaram", declarou o secretário executivo encarregado das situações de emergência do estado de Benue, Emmanuel Shior, citado pela agência noticiosa francesa AFP.
Segundo o responsável, nas regiões de Guma e Logo, os ataques levaram à deslocação de dezenas de milhares de pessoas que se encontram agora em quatro campos de deslocados.
"O número [de deslocados] é agora de 80.000, porque os assassínios continuaram e algumas pessoas de outros estados acorrem agora ao Benue", acrescentou Shior, a partir da capital estadual, Makurdi.
"Suspeitamos que essas pessoas (os agressores) estão a reagir à proibição de pastagem [do gado] imposta pelo governador do estado de Benue", referiu.
Esta medida tem por objectivo encorajar os pastores fulas a abandonarem a vida nómada em busca de pastagens e a criarem gado em propriedades agrícolas, o que, em teoria, impediria os conflitos com os agricultores sedentários.
Os ataques no contexto dos conflitos agrários, exacerbados por tensões religiosas e étnicas, fizeram nas últimas décadas milhares de mortos.
Por exemplo, no sul do estado de Kaduna (norte), há 30 anos que decorrem confrontos mortíferos entre comunidades de agricultores cristãos e pastores muçulmanos hausas e fulas.
O centro de estudos International Crisis Group advertiu em Setembro passado que os conflitos agrários estavam a tornar-se "potencialmente tão perigosos como o movimento rebelde do Boko Haram no nordeste". (RM/ NMinuto)

Login para post comentários

Rádio Online - A. Nacional

Emissor Provincial de Gaza

Emissor Provincial de Sofala

RM Desporto

Emissor Provincial de Nampula

Tempo

Weather data OK.
Maputo
24 °C

Breves

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Direcção de Informação:  email: dinfoweb@rm.co.mz; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP - 2015. Implementado por mozclique.com

Login or Register

LOG IN

fb iconLog in with Facebook

Register

User Registration