www.rm.co.mz

A+ A A-

Campanha de produção de Soja no Niassa

Classifique este item
(0 votos)

Uma campanha de grande escala está a dinamizar a produção de soja e milho amarelo para o fabrico de rações na província de Niassa, região norte de Moçambique.

Trata-se de uma iniciativa Público/Privado que junta o governo do Niassa, através da Direcção Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar, Sociedade Malonda, Green Resources e camponeses dos Distritos de Lichinga, Lago, Sanga, Muembe, Chimbunila e Majune.
O semanário electrónico “Faísca” editado em Lichinga, a capital do Niassa, escreve que se pretende com a iniciativa viabilizar a indústria de rações e de criação de frangos que a província tenciona lançar num futuro breve.
O governador do Niassa, Arlindo Chilundo, que lançou a campanha no dia 30 de Dezembro último, diz que a iniciativa é parte integrante do Plano Estratégico da Soja lançado em 2015.
Numa primeira fase estão disponíveis 13 toneladas de semente de soja de variedades diferentes, disponibilizada a título de crédito pelo sector privado local, a serem plantados numa área de 260 hectares.
Em relação ao milho amarelo, Chilundo disse que o mesmo também tem como finalidade principal a produção de rações, bem como servir para a alimentação das populações.
O Director Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar do Niassa, José Varimelo, explicou que o destino da produção é atender primeiramente o mercado interno e mais tarde a exportação.
O grosso da produção vai ficar no Niassa, e espera-se produzir 100 toneladas de milho amarelo numa fase inicial em quatro distritos nomeadamente Muembe, Sanga, Lago, Chimbunila e Lichinga, mas que os outros distritos poderiam lançar a soja e o milho amarelo.
“Preferimos lançar nestes distritos por serem os que registam melhores níveis de precipitação atmosférica “, disse José Varimelo.
Lote Manjate, director executivo da Sociedade Malonda e um dos intervenientes na campanha soja e milho amarelo, disse que a sondagem feita pela sua empresa aponta para um alcance de 80 toneladas de soja.
As famílias abrangidas já foram identificadas, esperando-se que haja sucesso no final da campanha agrícola 2016/2017.
A produção da soja na província do Niassa foi reintroduzida em 2012 pela Green Resources (empresa florestal) nos Distritos de Lichinga, Sanga e Muembe no sector familiar.
Inicialmente, foi lançado um campo de produção de semente em Matama para testar a sua resistência às pragas e, no mesmo ano, a empresa criadora de frangos Mr. Chiken plantou 40 hectares para alimentar a sua produção de ração.
No ano seguinte, em 2013, a AC Matama trabalhou numa área de 500 hectares onde atingiu mil toneladas desta cultura.
Em Majune, também foi lançada produção de soja e milho amarelo para alimentar a unidade de criação de frangos local.
Este é o quarto lançamento da produção da soja no Niassa através de uma parceria Público/Privado. (RM-Niassa)

Rádio Online - A. Nacional

Emissor Provincial de Gaza

Emissor Provincial de Sofala

RM Desporto

Emissor Provincial de Nampula

Tempo

Error: Unable to set cache write permissions.
See file DOCUMENTATION


Weather data OK.
Maputo
23 °C

Breves

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Direcção de Informação:  email: dinfoweb@rm.co.mz; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP - 2015. Implementado por mozclique.com

Login or Register

LOG IN

Register

User Registration